Mulher morre após ser baleada na cabeça durante tiroteio no Complexo do Alemão

Senhora foi levada para o PAM de Del Castilho, mas não resistiu

Por O Dia

Rio - Uma mulher de 51 anos foi baleada na cabeça durante uma troca de tiros na localidade dos Mineiros, no Alemão na manhã desta segunda-feira. Nirza de Paula Rocha, conhecida na comunidade como dona Neném, foi levada ainda com vida, para o PAM de Del Castilho. Entretanto, ela não resitiu e morreu. Outros dois moradores também foram baleados. 

Operação da Seop no Complexo do Alemão acaba em tiroteio de deixa uma pessoa morta e duas feridasReprodução Internet

O tiroteio aconteceu durante uma operação dos Policiais das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Complexo do Alemão que apoiavam uma ação da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) na Rua Joaquim de Queiroz.

Segundo o marido de Nenê, Fernando Rocha, ela foi atingida na sala de casa. "Estava próximo dela quando ouvi um barulho, olhei  e a vi caída no chão toda ensanguentada. Foi muito rápido", disse. "Não sei o que vai ser da minha vida sem ela, que me ajudava muito. A violência está braba e a gente não pode fazer nada, só pedir a Deus para nos guardar", completou, consternado.

A comunidade dos Mineiros fica localizada no Morro da Fazendinha, em Inhaúma, em outro extremo do complexo de favelas do Alemão. O policiamento na região foi reforçado por PMs do 16º BPM e do Grupamento Aeromóvel (GAM).

Em nota, a Seop informou que a ação de ordenamento realizada nesta segunda foi solicitada pela UPP. O objetivo da ação, segundo o órgão, foi liberar as calçadas ocupadas com construções irregulares. Ainda conforme a Seop, 20 estruturas foram removidas.

Últimas de Rio De Janeiro