Estudante da UFRJ está desaparecido

Wall Andrade Hogde, de 30 anos, foi visto pela última vez na noite do último sábado em ponto de ônibus em Madureira

Por O Dia

Aluno da UFRJ está sumido há três diasReprodução Facebook

Rio - O estudante Wall Andrade Hogde, de 30 anos, aluno da Escola de Serviço Social da UFRJ, está desaparecido desde a noite de sábado. Com formatura prevista para a próxima sexta-feira, Wallace, como é conhecido, foi visto pela última vez num ponto de ônibus em Madureira, onde estava em companhia do namorado. A família do estudante acredita que ele possa ter sido vítima de algum crime de homofobia. A UFRJ fez apelo por informações sobre ele.

“A última vez que falei com ele foi às 22h27. Ele estava no ponto, com o namorado, esperando o ônibus para voltar para casa. Às 23h13m, ele ainda estava no celular, pelo que mostra o WhatsApp. E até 01h50 conseguíamos ligar para o telefone dele, mas ele não atendia. Isto nunca aconteceu”, contou a irmã de Wallace, Viviane Andrade.

O estudante, segundo amigos e parentes, comemorava com o namorado, na Petisqueria de Madureira, o ano de sucesso como estagiário do serviço social do Sesc de Madureira. Apaixonado por idosos, Wallace fez sua monografia (trabalho de conclusão da graduação) sobre a terceira idade no Brasil.

“Ele era querido no trabalho, na faculdade. Estava na festa de fim de ano do Sesc, onde ele foi homenageado, recebeu muitos presentes, e passou na Petisqueira para comemorar com o namorado. Eles foram para o ponto. O namorado pegou o ônibus para Nova Iguaçu e ele ficou esperando o que passa no Méier, mas não sabemos o que aconteceu depois”, disse Viviane. Ela prestou queixa sobre o desaparecimento na Delegacia de Descoberta de Paradeiro (DDPA), na Cidade da Polícia. Quem tiver informações sobre o estudante pode ligar ara a própria Viviane (99733-5715).

Últimas de Rio De Janeiro