Ceia mais saudável é possível com troca por alimentos corretos

Especialistas ensinam a reduzir calorias

Por O Dia

Arroz integral%2C no lugar do branco%2C é uma substituição inteligenteDivulgação

Rio - É possível comer bem durante as ceias de fim de ano, de forma mais saudável? Especialistas garantem que sim, com as substituições inteligentes de alimentos. Coordenador do curso de Nutrição da Universidade Veiga de Almeida (UVA), Carlos Eduardo das Neves lista alimentos que podem ser uma boa opção de troca.

“O salmão ou o peixe branco podem substituir o peru, sendo uma alternativa menos gordurosa e com menor teor de sódio, dependendo da forma como é preparado”. Ele recomenda a troca do arroz branco pelo integral, que possui três vezes mais fibras, e indica o vinho tinto como o ideal, pois é rico em resveratrol, um forte anti-inflamatório.

“São opções excelentes para o Natal brasileiro, pois são ricos em compostos bioativos, fibras e água, que hidratam e nutrem ao mesmo tempo”, orienta o professor. Ele ainda destaca as já tradicionais frutas secas, como uvas e damasco, e oleaginosas, como nozes e castanhas, ricos em fibras, vitaminas e minerais antioxidantes.

A coach de emagrecimento Daniele Veríssimo lembra que as pessoas não encaram o Natal e o Réveillon como apenas duas noites pontuais, mas 10 dias de festas, emendando uma data na outra para cometer exageros. “Quem acabou de começar uma dieta não deve sair do regime no Natal. Para quem já está neste processo há um tempinho, melhor se concentrar nas aves e saladas. Se quiser uma sobremesa, maneire no arroz”, aconselha. A nutricionista Bruna Lyrio, da Clínica Tostes, pondera: “Se, durante o ano todo a pessoa fizer refeições saudáveis, evitando frituras, comendo hortaliças, frutas e proteínas de maneira adequada, não serão as ceias que farão a diferença”.

Reportagem da estagiária Marina Cardoso

Últimas de Rio De Janeiro