Mulher baleada na cabeça na Barra da Tijuca ainda não tem previsão de alta

Ex-marido é o suspeito de ter cometido o crime. Vítima foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto e seu estado de saúde é estável

Por O Dia

Rio - Uma mulher que foi baleada na cabeça, no Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, ainda não tem previsão de alta hospitalar. De acordo com a polícia, o ex-marido da vítima, de 41 anos, teria atirado contra ela na manhã desta quarta-feira. A mulher, que ainda não teve o nome revelado pela polícia, foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, Zona Sul.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado de saúde da vítima é estável e ela não passou por cirurgias. A mulher ainda deve passar por outra reavaliação médica. O 31º BPM (Recreio) informou que policiais foram acionados e, ao chegarem no local, viram um homem disparando contra uma pessoa. O suspeito conseguiu fugir.

O caso foi encaminhado para a 16ª DP (Barra da Tijuca). Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DH) instauraram inquérito para investigar as circunstâncias da tentativa de feminicídio. A Polícia Civil está fazendo buscas na região para tentar localizar o responsável pelos disparos. 

Últimas de Rio De Janeiro