Paes afirma que passagens de ônibus devem subir para R$ 3,95

Promessa de climatização de 100% da frota segue sem data para ser cumprida

Por O Dia

Rio - Andar de ônibus no Rio ficará 15 centavos mais caro em 2017. Entretanto, os detalhes da regulamentação ainda estão sendo fechados com a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR). A informação sobre o novo valor de R$ 3,95 foi passada pelo prefeito Eduardo Paes em entrevista à Rádio CBN na manhã desta sexta-feira.

De acordo com os contratos assinados em 2010 entre a prefeitura e os quatro consórcios que administram o setor na cidade, o reajusta anual é previsto e deve seguir e se basear nos custos do setor.

Apesar do reajuste, a promessa de ter uma frota 100% climatizada, que foi feita em 2013, segue sem data para ser cumprida. Procurada, a Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) disse que os detalhes sobre a mudança de tarifa seriam passados em um momento "mais oportuno". 

Polêmica da frota sem ar-condicionado

O aumento deverá seguir o estabelecido nos contratos de concessão, apesar de a promessa de ter 100% dos coletivos com ar-condicionado não ter sido cumprida.

De acordo com a Secretaria Municipal de Transportes, em novembro, uma média de 68,03% das viagens foram feitas em ônibus refrigerados. A meta era atingir 70% até o fim do ano. A pasta não informou o número de veículos com ar. Para a Justiça, no entanto, o acordo da prefeitura com o Ministério Público estadual, feito em 2012, estabeleceu que 100% dos ônibus seriam refrigerados até 2016.

Últimas de Rio De Janeiro