Cantora mirim vai à polícia registrar queixa por racismo

Aos 14 anos, ela participa do The Voice Kids

Por O Dia

Rio - Participante do programa The Voice Kids, Franciele Fernanda da Silva Cruz, de 14 anos, prestou queixa ontem na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) após receber injúrias racistas no Facebook. Em uma postagem na página de Milton Nascimento na rede social, um usuário identificado como Danilo Ruas fez um comentário ofensivo chamando a menina de ‘neguinha’.

Franciele Fernanda foi alvo de comentários racistas na WebReprodução

Nascimento havia elogiado a estreia de Franciele no programa da Rede Globo exibido no último domingo, na qual ela cantou a música ‘Maria, Maria’, composição dele. O cantor escreveu que a jovem de Arapitanga, no Mato Grosso, é uma “joia rara brasileira”. E acrescentou: “Ela emocionou a todos nós”.

De acordo com a delegada da DRCI, Fernanda Terra, o caso foi registrado como injúria por preconceito, o que pode resultar em pena de um a três anos de prisão. O primeiro passo é pedir a quebra de sigilo do perfil do ofensor. “Vamos primeiro verificar se o perfil é ou não falso e depois seguir o curso normal de investigação”, explicou.

Ao ‘RJTV’, a adolescente disse que ficou “muito triste” ao ler o comentário. Foi a primeira vez em que a jovem foi vítima de racismo. “Esse cara não tem amor? Como alguém faz isso?”, questionou. Franciele afirmou que quer inspirar outras vítimas a denunciarem casos de racismo. Em novembro, o ator Bruno Gagliasso registrou queixa por injúrias racistas proferidas contra sua filha, Titi. No mês seguinte, uma adolescente confessou que realizou o crime por meio de um perfil falso.

Últimas de Rio De Janeiro