Por rafael.nascimento

Rio - Cinco mil reais é o valor oferecido pelo Portal dos Procurados para quem der informações que leve ao paradeiro e a prisão dos envolvidos na morte de policiais militares no Rio. Um cartaz foi divulgado nesta sexta-feira e traz a foto dos militares com os dizeres "Quem matou?". O soldado da Daniel Cavalcanti da Silva, de 26 anos, foi encontrado com o corpo carbonizado, e o soldado Sandro Mendes de Lyra, de 36, foi morto após ataque de traficantes. No 13º dia de 2017, já são oito o número de policiais assassinados no estado.

Disque-denúncia oferece recompensa de R%24 5 mil por paradeiro de suspeitos de matar militares Divulgação / Portal dos Procurados

Nesta quinta-feira, a Divisão de Homicídios confirmou que o corpo encontrado na Avenida Engenheiro Pires Rebelo, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, na madrugada de quarta-feira, era do soldado Daniel da Silva. Segundo a DH, o crime ocorreu entre a tarde e a noite da última terça, e a principal linha de investigação é que o homicídio tenha sido praticado por traficantes de drogas da localidade conhecida como 77, também em Bangu. Daniel era lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) dos Tabajaras, em Copacabana, na Zona Sul.

Já o PM Sandro Mendes Lyra estava em uma viatura com outros policiais quando foram atacados por traficantes em pelo menos uma moto, por volta das 3h de quinta-feira, na localidade conhecida como Igrejinha, na Favela do Mandela, em Manguinhos, Zona Norte do Rio. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Quinta D'or, em São Cristóvão, mas não resistiu e morreu. Lyra estava na corporação desde março de 2012 e deixou esposa e dois filhos.

Quem tiver qualquer informação a respeito da identificação e localização dos envolvidos nas mortes dos policiais, pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox); ou pelo atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177. Em todos os canais de denúncias, o anonimato é garantido.

Você pode gostar