Por bianca.lobianco

Rio - Quatro jovens foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) suspeitos de receptação e participação em assaltos à carga, em uma abordagem na rodovia Presidente Dutra, em Queimados, na Baixada Fluminense, na madrugada desta sexta-feira. Eles estavam com mais de R$ 55 mil em cheques, além de mercadorias possivelmente roubadas de um caminhão dos Correios. 

Agentes da PRF prenderam em Queimados grupo suspeito de ter assaltado caminhão dos Correios nesta semanaDivulgação

Os policiais faziam uma ronda na altura do km 190, na pista sentido Serra das Araras, quando desconfiaram de quatro indivíduos parados ao lado de um Monza vinho, estacionado num posto de combustíveis.

Um carro com as mesmas características é suspeito de participação num roubo de um caminhão dos Correios na Avenida Brasil, em Parada de Lucas, nesta semana.

Os agentes da PRF chegaram quando os suspeitos mexiam no motor do veículo. Eles estavam com o capô aberto e muito nervosos.

Durante a revista, os policiais encontraram diversos cheques com valores totalizando mais de R$ 55,8 mil, escondidos no compartimento do motor do carro. Havia ainda, no interior do automóvel, dois vídeo games, uma lavadora de alta pressão e uma mochila.

Todos os produtos eram novos e estavam embalados. Questionados, os suspeitos disseram que não sabiam da existência dos cheques escondidos. Sobre as mercadorias, os suspeitos caíram em contradição diversas vezes, mas disseram que a lavadora pertencia ao tio de um deles.

Após rastrearem os produtos pelos códigos das mercadorias, os policiais conseguiram identificar que o material teria saído do Rio de Janeiro com destino a São Paulo. A data do envio seria justamente o dia do roubo ocorrido na Avenida Brasil. Os suspeitos, com idades entre 19 e 25 anos, moradores de Vigário Geral, negaram qualquer participação no crime. Dois deles já haviam sido presos diversas vezes anteriormente, por crimes como roubo, associação ao tráfico e tráfico de entorpecentes.

A ocorrência foi encaminhada à 52ª DP (Nova Iguaçu), onde foram indiciados por receptação.

Você pode gostar