Enfermeira morta em tentativa de assalto na Avenida Brasil é enterrada

Ela foi atingida na cabeça enquanto voltava do plantão no Hospital Rocha Faria na última segunda-feira

Por O Dia

Aline foi morta na Avenida BrasilReprodução

Rio - Sob forte emoção, a enfermeira Aline de Paula Pereira, de 31 anos, foi enterrada no Cemitério Municipal de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na tarde desta quarta-feira. A mulher foi morta com um tiro na cabeça em tentativa de assalto na Avenida Brasil, na altura da Vila Kennedy, Zona Oeste do Rio, na noite da última segunda-feira.

Pelo menos 200 pessoas, entre amigos e parentes, compareceram ao enterro usando uma blusa com a foto da vítima. Casada com um PM, Aline era mãe de três crianças, de três, seis e 12 anos. Eles moravam em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Na ocasião do crime, ela havia acabado de sair do plantão do Hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grande. Os suspeitos não levaram a moto da enfermeira.

A Delegacia de Homicídios (DH) da Capital fez uma perícia no local do crime e investiga o caso. Até o momento, ninguém foi preso.


Últimas de Rio De Janeiro