Motorista de Uber é morto em assalto no Maracanã

Carlos Henrique Gonçalves Filho, 25 anos, foi rendido quando chegava para pegar casal de passageiros na Rua Ibituruna e foi atingido no peito

Por O Dia

Rio - Um motorista de Uber foi morto a tiro quando chegava para buscar um casal de passageiros na Rua Ibituruna, no Maracanã, na Zona Norte, na madrugada desta segunda-feira. Carlos Henrique Gonçalves Filho, 25 anos, foi rendido pelos criminosos e, quando descia do carro para se render, foi atingido por um tiro no peito.

Baleado, Carlos Henrique foi andando até o Hospital Israelita Albert Sabin, a cerca de 500 metros do local do crime, mas não resistiu e morreu ao chegar na unidade. Os criminosos fugiram levando o carro de Carlos Henrique e o celular de um dos passageiros. 

O caso foi registrado inicialmente na 18ª DP (Praça da Bandeira), onde os passageiros prestaram depoimento, mas será encaminhado nesta manhã na Delegacia de Homicídios (DH-Capital). De acordo com a polícia, três homens em um carro abordaram Carlos Henrique. 

Últimas de Rio De Janeiro