Mulher é encontrada esfaqueada em seu apartamento em chamas, na Penha

Marlene Pereira de Oliveira foi encontrada em seu quarto com vários golpes de faca e queimaduras. Ela foi socorrida, mas não resistiu e morreu

Por O Dia

Marlene era ministra da eucaristia da Paróquisa Nossa Senhora da PenhaReprodução Facebook

Rio - Uma mulher morreu após ser encontrada esfaqueada e com queimaduras dentro de seu apartamento, que estava em chamas, na Penha, na Zona Norte do Rio, na tarde deste domingo. Bombeiros foram acionados por vizinhos do imóvel para combater as chamas e encontraram Marlene Oliveira dentro de um quarto, em cima da cama. Ela foi socorrida no Hospital Estadual Getúlio Vargas, mas não resistiu e morreu ontem a noite.

O caso aconteceu na Avenida Nossa Senhora da Penha. Ainda não se sabe o que teria ocorrido dentro do apartamento. Ela foi levada para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, já em estado crítico.

A vítima era ministra da eucaristia da Paróquia Nossa Senhora da Penha. A polícia investiga o caso. Amigos usaram as redes sociais para pedir orações para Marlene e lamentar a sua morte de forma "cruel". 

"Eu ainda estou perplexo! O ser humano perdeu sua humanidade! Estou muito triste por tão grande barbárie...uma pessoa maravilhosa como Marlene... A ficha ainda não caiu! Acho que estou num pesadelo! Por que tudo isso, meu Deus??!!??", escreveu um internauta.

Últimas de Rio De Janeiro