Torcedor do Fluminense vai ficar em coma induzido após cirurgia

Pedro fazia parte da Bravo 52, e voltava do jogo entre Fluminense e Portuguesa. Ele sofreu traumatismo craniano

Por O Dia

Rio - Ainda inspira cuidados o estado de saúde do torcedor do Fluminense que foi agredido com golpes de barra de ferro na cabeça, na madrugada de segunda-feira, na Rua São Francisco Xavier, na Tijuca. O estudante de Economia da UFRJ, Pedro Lucas Scudieri, de 23 anos, que está internado no CTI do Hospital do Amparo, passou por uma cirurgia para reduzir a pressão craniana e vai ficar em coma induzido pelo menos até quinta-feira. Segundo familiares, a vítima teve traumatismo craniano. Em um gesto de solidariedade, torcedores de outros times do Rio se reuniram, nesta terça-feira, para doar sangue para o jovem.

Torcedor do Fluminense foi agredido com golpes na cabeça WhatsApp O DIA (98762-8248)

Pedro fazia parte da Bravo 52, e voltava do jogo entre Fluminense e Portuguesa, no estádio Los Larios, em Xerém. Ele estava em um ponto de ônibus, por volta de 1:30, quando foi visto pelo grupo. “Não roubaram nada de valor, apenas uma faixa da torcida organizada. A família está arrasada com a brutalidade. Nosso foco é a recuperação do Pedro, mas vamos cobrar providências da Polícia Civil para que esses agressões sejam identificados e presos antes que façam uma nova vítima”, desabafou a tia do menino, Márcia Fernandes Lucas.

O caso será registrado por familiares, nesta terça-feira, na 18ªDP (Praça da Bandeira). A mãe do jovem está passando por tratamento contra o câncer de mama e devido às sessões de quimioterapia, ainda não pôde ir à delegacia. Muito abalada, ela está contando com o apoio de amigos e familiares. Membros da diretoria do Fluminense estiveram no hospital para prestar solidariedade.

Últimas de Rio De Janeiro