Policiais e bombeiros fazem protesto no Centro do Rio

Manifestantes interditaram a Avenida Presidente Vargas, no sentido Candelária. O grupo segue para a Alerj, onde outros servidores protestam

Por O Dia

Rio - Um protesto de servidores estaduais terminou em confusão, na tarde desta quinta-feira, em frente à Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), no Centro do Rio. Houve muita correria e confronto no local. De acordo com relatos, PMs jogaram bombas de efeito moral para dispersar o tumulto. Um grupo chegou a quebrar a porta de uma agência bancária.

Cerca de 50 manifestantes começaram a fazer o ato ainda nesta manhã contra a privatização da Cedae, que será discutida na noite desta quinta. A Rua Primeiro de Março foi permanece fechada desde as 11h45. A pista lateral da Avenida Presidente Antônio Carlos também está totalmente interditada ao trânsito, segundo o Centro de Operações da Prefeitura, às 13h. O desvio ocorre pela Avenida Almirante Barroso e Rua Araújo Porto Alegre.

Policiais%2C bombeiros e familiares dos militares fazer protesto no Centro do RioEstefan Radovicz / Agência O Dia

A manifestação deixou o trânsito lento na região.  As avenidas Rio Branco e Presidente Vargas, no sentido Candelária, chegaram a ser interditada, mas já foram liberadas ao trânsito. 

A Polícia Militar acompanha a ação dos manifestantes e foi "provocada" pelo grupo. "Sargento, vem com a gente. Larga a viatura e vem com a gente na manifestação. É nossa! Estamos todos juntos na luta!"

Faixa em protesto na Alerj pede pode delação do empresário Eike Batista Estefan Radovicz / Agência O Dia

Agentes da Guarda Municipal orientam quem passa pelo no local. O Centro de Operações Rio pede que os motoristas evitem a região e utilizem o metrô.

Vias com trânsito lento por conta do protesto:

- Presidente Vargas, no sentido Candelária;

- Avenida Francisco Bicalho;

- Viaduto do Gasômetro, sentido Centro; 

- Avenida Brasil, sentido Centro, a partir de Benfica;

- Linha Vermelha, sentido Centro, altura de São Cristovão;

Últimas de Rio De Janeiro