Padre Omar: Você pode ir além

Sabemos, por exemplo, que o correto é não matar e não cometer adultério. Mas o Senhor nos pede que não paremos na lei

Por O Dia

Rio - Estamos acostumados a querer fazer o que todo mundo faz. As crianças nos lembram disso o tempo todo: “Por que eu não posso fazer tal coisa, se todo mundo faz?!” Aquela resposta típica de mãe, que todos nós crescemos ouvindo, é a mais pura verdade: “Você não é todo mundo!” Ora, o comum é agir como os outros, “seguir o fluxo”, não pensar no que vai fazer ou falar. Só que o convite de Deus para a nossa vida é para que tenhamos a ousadia de ir além.

A liturgia deste domingo nos ajuda a entender melhor:
“Vós ouvistes o que foi dito aos antigos: ‘Não matarás! Quem matar será condenado pelo tribunal’. Eu, porém, vos digo: todo aquele que se encoleriza com seu irmão será réu em juízo. Ouvistes o que foi dito: ‘Não cometerás adultério’. Eu, porém, vos digo: Todo aquele que olhar para uma mulher, com o desejo de possuí-la, já cometeu adultério com ela no seu coração.”
(Mt 5,21-22;27-28)

Sabemos, por exemplo, que o correto é não matar e não cometer adultério. Mas o Senhor nos pede que não paremos na lei. Sua orientação é para que sequer nos encolerizemos contra alguém, para não matarmos emocionalmente! E, da mesma forma, que nem alimentemos o desejo de possuir uma pessoa comprometida, porque isso já é adultério também! Ou seja, na verdade, Ele espera que vigiemos sobre nossos sentimentos e nossas intenções. Pois todas as más intenções partem do nosso coração. E são elas que devemos evitar, para não pecar.

E se não formos ousados vigiando sobre nosso proceder, como Deus nos pede, podemos até não chegar a praticar coisas erradas, mas nosso coração corre o risco de ficar cheio de más intenções. E em um coração assim não há espaço para o Senhor fazer Sua morada... E sabemos que quando Deus habita em um coração, tudo muda! Passamos a ser exemplos na fé para outros irmãos, tendo uma vida coerente, optando pelo que é correto.

Nem sempre é fácil vigiarmos a nós mesmos para nos mantermos íntegros, mas o próprio Deus sempre fortalece aqueles que se decidem por ir além.
Eu quero tomar essa decisão. E você?

Últimas de Rio De Janeiro