Controle biométrico já bloqueia suspeitas de fraude no RioCard

Usuários, no entanto, reclamam de erros

Por O Dia

Rio - Passageiros com direito à gratuidade nos ônibus já começaram a ter os cartões RioCard suspensos após suspeita de uso do benefício por terceiros. A identificação das supostas fraudes está sendo feita por meio do sistema de reconhecimento facial em implantação nos coletivos, como determina lei estadual regulamentada em novembro. Muitos usuários, no entanto, afirmam que o bloqueio está ocorrendo sem nunca terem emprestado o cartão.

A estudante Ana Carolina Porto, 27 anos, percebeu que seu RioCard Universitário tinha sido bloqueado quando ia à faculdade, na semana passada. Ela ligou para a empresa e foi solicitado que comparecesse a qualquer posto de atendimento. Ao ser atendida presencialmente, foi alertada sobre a constatação de uso indevido, o que ela nega.

Ana negou o uso indevido do cartão bloqueado e foi liberadoDivulgação

“Falaram assim: ‘a senhora tem ciência que o seu cartão é de uso pessoal e intransferível?’. Eu respondi: ‘Sim!’. Então me disseram que ele foi bloqueado por uso indevido e me mostraram as fotos de um homem em seis ângulos diferentes, mas nunca vi essa pessoa na vida”, contou. Segundo Ana Carolina, muitas pessoas relataram o suposto erro no posto de Madureira quinta-feira. O prazo informado para reativação foi de 48 horas e o cartão dela voltou a funcionar.

“Estou desempregada e não tenho como ir à faculdade. Fora o constrangimento”, reclamou a universitária Mariana Mendonça, 28, que teve o benefício suspenso na sexta e também garante que nunca emprestou o cartão. Ela vai amanhã à loja da RioCard.

A RioCard reiterou que alguns cartões de gratuidade estão sendo suspensos temporariamente após a detecção de casos suspeitos. Segundo a empresa, os portadores são convocados para esclarecimentos e atualização do cadastro. Disse ainda que o objetivo da suspensão é advertir o usuário. Todos os cartões são reativados após a ida à loja. “Quem teve o cartão temporariamente suspenso deve ir pessoalmente a qualquer loja de atendimento RioCard, portando documento de identificação com foto e o cartão RioCard”, explicou, em nota.

Últimas de Rio De Janeiro