Torcedor morto em confusão no Engenhão será enterrado nesta terça-feira

Diego Silva dos Santos foi baleado antes do clássico entre Flamengo e Botafogo. Na ocasião, sete pessoas ficaram feridas perto do estádio

Por O Dia

Rio - O torcedor morto após uma confusão no Engenhão será enterrado no Cemitério São Gonçalo ao meio-dia desta terça-feira. Diego Silva dos Santos foi baleado antes do clássico entre Flamengo e Botafogo no último domingo. A confusão ocorreu nos acessos para o estádio, no lado da torcida do Botafogo.

Diego foi morto após ser baleado em confusão na porta do Engenhão%2C antes do clássico entre Botafogo e FlamengoReprodução Facebook

De acordo com a Polícia Militar, agentes foram obrigados a usar balas de borracha para controlar as torcidas. Na ocasião, sete pessoas foram feridas e cinco delas já receberam alta. Um homem, identificado apenas como Anderson, foi ferido na briga generalizada e continua em estado grave. 

Por meio das redes sociais, parentes e amigos lamentaram a morte do botafoguense. Irmão da vítima, Junior Correa disse que até agora não conseguiu dormir. "Fui no hospital e no IML para confirmar se isso era verdade. Infelizmente era. Quem vai brincar com os meus filhos com tanto amor? Não tinha como não gostar de você. Quero guardar as lembranças boas", escreveu em publicação na Web.

A Delegacia de Homicídios (DH-Capital) tenta identificar e localizar os suspeitos de participar da morte de Diego. A Polícia Civil informou que um inquérito já foi aberto e que equipes da DH realizaram uma perícia onde o jovem foi baleado.

Últimas de Rio De Janeiro