Chefe de gabinete substitui filho de Marcelo Crivella na Casa Civil

Decisão foi publicada no Diário Oficial do município desta quarta-feira. Ministro Marco Aurélio alegou que o prefeito estava praticando nepotismo

Por O Dia

Rio - O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), retirou o seu filho, Marcelo Hodge Crivella, do comando da Secretaria da Casa Civil. O substituto escolhido foi Ailton Cardoso da Silva, conforme publicação no Diário Oficial do município, nesta quarta-feira.

O decreto é retroativo para segunda-feira. Entretanto, o nome do filho de Crivella ainda aparece no expediente do Diário Oficial como secretário da Casa Civil. Na tarde de segunda-feira, o prefeito esteve no Supremo Tribunal Federal (STF) para convencer os ministros da Corte sobre a legalidade da nomeação de seu filho. Não foi informado se a decisão é definitiva ou se o prefeito ainda tentará reverter o impedimento do supremo. A assessoria da prefeitura apenas informou que a nomeação foi necessária para que alguém responda pelo expediente da Casa Civil. 

Marcelo Hodge Crivella%2C filho do prefeito do RioReprodução Facebook

Na última quinta-feira, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, suspendeu a nomeação do filho de Crivella para o cargo afirmando que Crivella estava fazendo nepotismo. Mello ressaltou que o prefeito desobedeceu a Súmula Vinculante 13 do supremo, que proíbe agentes públicos de nomear parentes até o terceiro grau para cargo em comissão, de confiança ou função gratificada em qualquer dos poderes.

Últimas de Rio De Janeiro