Manifestantes são presas em frente ao batalhão de São Gonçalo

Três pessoas foram levadas para a delegacia. Segundo a polícia, uma delas tentou sair da viatura e os PMs usaram os 'meios necessários para detê-la'

Por O Dia

Rio - Mulheres de policiais militares estão acusando um PM, identificado como major Ramos, de agressão na porta do 7º BPM (São Gonçalo) na manhã desta quarta-feira. Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, o militar aparece colocando a força uma das manifestantes dentro da viatura.

De acordo com informações do comando do batalhão, um grupo estava tentando impedir a entrada dos policiais na unidade. Apesar da tentativa de diálogo, a polícia disse que as mulheres ofenderam e xingaram os PMs. Três pessoas foram levadas para a delegacia.

Segundo o 7º BPM, uma das manifestantes tentou sair da viatura e os policiais usaram "os meios necessários para detê-la". O batalhão está apurando o caso.

A Polícia Civil informou que as mulheres foram autuadas por desacato e perturbação do trabalho. Já o major Ramos foi autuado por abuso de autoridade. Eles assinaram um termo circunstanciado e o caso foi encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Últimas de Rio De Janeiro