Uniformes de Cabral, Eike e Adriana Ancelmo em Bangu viram fantasias de carnaval

O produto, inspirado na blusa verde usada pelos detentos dos presídios de Gericinó, vem o nome dos presos e são vendidos a R$ 10 em Botafogo

Por O Dia

Rio - Entre as camisas de super-heróis, os foliões ganharam como opção em um camelô em Botafogo uniformes usados por Sérgio Cabral, Eike Batista e Adriana Ancelmo no Complexo de Gericinó, em Bangu, onde estão presos.

O produto, inspirado na blusa verde usada pelos detentos dos presídios de Gericinó, é vendido a R$ 30 na Praia de Botafogo. Os uniformes são estilizados com os nomes dos presos. No caso de Eike, que está em Bangu 9, o sobrenome foi escrito errado. 

Camisas da Seap com os nomes de Cabral%2C Adriana Ancelmo e Eike são vendidas por camelôs em Botafogo Maíra Coelho / Agência O Dia

Foliões preparam seus ‘protestos’

Como expressão popular, o Carnaval nunca falha em espelhar as preocupações da população. Neste ano, a política é mais uma vez fonte de criatividade para os foliões que fazem suas compras no Saara. Com os noticiários cheios de presidiários notáveis e fatos que parecem saídos de um enredo de escola de samba, espere ver muitos Sérgios Moros, Cabrais, Eikes e até o deus nórdico Thor nas ruas cariocas.

Últimas de Rio De Janeiro