Aplicativo vai monitorar riscos que podem 'atravessar' blocos

Nova tecnologia do Centro de Operações da Prefeitura do Rio vai mapear percursos antes dos desfiles para identificar caçambas de lixo ou veículos

Por O Dia

Rio - Um aplicativo de celular será testado pelo Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR) para mapear riscos que possam "atravessar" os blocos que desfilarão no Centro da cidade durante o Carnaval. 

De acordo com COR, com o apoio da Superintendência do Centro, será feita uma varredura nos percursos de alguns blocos, antes do dia do desfile, para identificar possíveis problemas, como veículos ou caçambas de entulho parados de forma que possam atrapalhar a passagem do cortejo.

Com os riscos mapeados através do aplicativo, elas são disponibilizadas para o Centro de Operações, que aciona as equipes para tomar as providências necessárias.

GPS para identificar aglomerações

Outra ferramenta que está sendo testada pelo COR utiliza dados de GPS de telefones celulares para identificar pontos de aglomeração nos blocos na cidade. Ainda em fase de estudo, o COR está recebendo os sinais de GPS dos aparelhos para entender melhor os fluxos de chegada e saída em grandes blocos de carnaval de rua.

O objetivo do acompanhamento é se antecipar ao deslocamentos de multidões na cidade e acionar reforços de equipes operacionais. Segundo o Centro de Operações, o recebimento dos dados de GPS mantém a privacidade dos usuários totalmente preservada. A iniciativa é uma parceria com a TIM.

O COR possui 865 câmeras de monitoramento da cidade e todas as informações são disponibilizadas no twitter.com/operacoesrio ou no facebook.com/operacoesrio.

Últimas de Rio De Janeiro