Portal pede informações sobre os envolvidos na morte de família de São Gonçalo

Família foi assassinada na madrugada da última sexta-feira. Motivação do crime seria inventário que se arrasta na Justiça há 20 anos

Por O Dia

Rio - O Portal dos Procurados divulgou, na tarde desta quinta-feira, um cartaz pedindo informações que ajudem a identificar os envolvidos na morte de Soraya Gonçalves de Resende, 37 anos, o marido dela, o diretor da OAB Wagner Salgado, 47 anos, e a filha do casal, Geovanna Resende Salgado, 10 anos. De acordo com a polícia, Simone Gonçalves Resende, 47 anos, e Gabriel Brotel de Araújo Miranda, de 19 anos, são suspeitos de participação no crime. 

Simone Gonçalves Resende%2C 47 anos%2C e Gabriel Brotel de Araújo Miranda%2C de 19 anos%2C são procurados por morte de família em São GonçaloDivulgação

Gabriel seria um dos atiradores, junto com Diego Moreira da Cunha, de 23 anos, que estava em Saquarema, na Região dos Lagos, quando foi capturado por agentes da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, na noite desta quinta-feira. Em depoimento, ele confessou o crime.

A Justiça também expediu um mandado de prisão contra Simone, suspeita de ser mandante do crime. A Polícia Civil vai pedir o bloqueio do passaporte de Simone e dos bens dela ligados ao inventário de seu pai, que acabou gerando a morte da família. 

As vítimas foram assassinadas a tiros dentro da residência na madrugada da última sexta-feira no bairro do Barro Vermelho, em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio de Janeiro. A filha e esposa foram assassinadas enquanto dormiam. Wagner foi assassinado com três tiros na cabeça.

Dois envolvidos já foram presos. Os irmão gêmeos Matheus e Lucas Khalil, teriam participaram do crime. Em depoimento, Matheus disse que sabia que a mãe queria "aprontar alguma", mas negou saber sobre a ideia de matá-la. Ele afirmou, ainda que sempre ouviu Simone dizer que 'um dia o tormento acabaria' e que 'iria matá-los', se referindo aos seus familiares. A polícia acredita que Matheus tenha sido o responsável por negociar o carro e as armas do crime.

Quem tiver qualquer informação a respeito Simone Resende e Gabriel Botrel, favor denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp ou Telegram dos Procurados (21) 96802-1650; pelo facebook/(inbox), endereço: https://www.facebook.com/procurados.org/, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo aplicativo do DD. Em todos os canais de denúncias, o anonimato é garantido.

Últimas de Rio De Janeiro