Mais Lidas

Taxista que esfaqueou Uber é procurado pela polícia

Stive Belizario Demeur Braga, de 38 anos, foi indiciado pela tentativa de homicídio sofrida por um motorista do aplicativo Uber no dia 28 de fevereiro

Por bianca.lobianco

Taxista é suspeito de ter esfaqueado motorista de Uber no dia 28 de fevereiroDivulgação Polícia Civil

Rio - O taxista Stive Belizario Demeur Braga, de 38 anos, foi indiciado pela tentativa de homicídio sofrida por um motorista do aplicativo Uber no dia 28 de fevereiro. De acordo com o delegado de Daniel Mayr, da 4ª DP (Praça da República), Stive esfaqueou o motorista do Uber após bater no carro dele. O homem está foragido. 

Com base nas provas reunidas, Stive foi indiciado pelo crime de tentativa de homicídio e o delegado também representou sua prisão preventiva, medida que foi deferida pela Justiça. "A análise das lesões corporais sofridas pela vítima e descritas no laudo do Instituto Médico Legal revela a prática de várias facadas contra a vítima, em região vital (abdômen) de maneira ininterrupta e com intenção de matar. Esta intenção também está evidenciada pelas próprias falas do indiciado enquanto golpeava a vítima", disse o delegado.

Diligências foram realizadas para prender Stive. Entretanto, ele não foi localizado. O autor já possuía registros criminais por roubo majorado pelo emprego de arma, homicídio culposo, violência doméstica e ameaça.

Quem tiver qualquer informação que possa contribuir com a localização do criminoso, pode entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) pelos telefones (21) 2334-8823 e 2334-8835 ou pelo chat https://cacpcerj.pcivil.rj.gov.brA recompensa por informações que levem a prisão de Stive é de R$ 1 mil.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia