'Bandivas' chegam à delegacia com armas de brinquedo

Dupla ficou conhecida após publicar fotos com armamento pesado e colete de uso militar

Por O Dia

Rio - Fotografadas com um armamento pesado, as "bandivas" mostraram que o equipamento era de brinquedo nesta sexta-feira. A dupla, que está prestando depoimento na 21ª DP (Bonsucesso), ficou conhecida após publicar imagens com dois fuzis, uma pistola, colete de uso militar e dois radiotransmissores. No entanto, a polícia afirma que as armas são réplicas. e um dos fuzis tinha até o mesmo peso que o de um verdadeiro.

'Bandivas' foram à 21ª DP prestar depoimentoEstefan Radovicz / Agência O Dia

Segundo os policais, o radiotransmissor é um dos originais utilizados por traficantes. Após a repercussão do caso, uma delas já havia ido à delegacia nesta quinta-feira para explicar que "tudo não se passava de uma brincadeira". 

Fotos nas redes mostram jovens da Maré exibindo coletes balísticosDivulgação

Na imagem, a dupla aparece em uma moto com um fuzil, uma pistola, colete e radiostransmissores. A jovem contou que a foto foi tirada em uma rua da Comunidade Vila do João, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio.

"Bandivas" foram à delegacia e levaram armas de brinquedoEstefan Radovicz / Agência O Dia

Na delegacia, X., de 18 anos, contou que elas estavam apenas curtindo o Carnaval e que as armas eram airsoft. "É um jogo, não é crime. Pedimos as réplicas emprestadas para tirar as fotos. Não somos criminosas, eu sou manicure. Tenho medo de outras facções acharem que a gente trabalha para o tráfico", disse a jovem. "Temos consciência que fizemos besteira. Pensava sair um dia na capa do jornal, mas não desse jeito", completou.

Segundo o delegado Wellington Pereira, da 21ª DP, há a possibilidade de as armas não serem as mesmas que aparecem nas fotos. "Vou mandar os equipamentos para a perícia. Elas já estão indiciadas pela apologia ao crime. Se o perito disser que não são as mesmas armas, elas podem responder também por associação ao tráfico", explicou. "Elas são um péssimo exemplo para a nossa sociedade", enfatizou Pereira.



Últimas de Rio De Janeiro