Taxistas fazem manifestação no Rio

Profissionais protestam contra aplicativos que fornecem transportes particulares, como Uber. Eles pedem a regulamentação desses serviços

Por O Dia

Rio - Uma manifestação de taxistas deu um nó no trânsito do Centro do Rio na manhã desta segunda-feira. Eles protestam contra aplicativos que fornecem transportes com carros particulares, como o Uber, e pedem a regulamentação desses serviços. Por volta das 8h30, os profissionais fizeram uma carreata na Avenida Infante Dom Henrique, no Aterro do Flamengo, em direção à sede da prefeitura na Cidade Nova.

Motoristas enfrentaram trânsito congestionado no Aterro do Flamengo por causa da manifestação dos taxistasReprodução / Centro de Operações Rio

De acordo com o Centro de Operações, os taxistas passaram pela Avenida Presidente Antônio Carlos, Rua Primeiro de Março, Avenida Presidente Vargas, Praça da Bandeira e Avenida Paulo de Frontin. Depois, eles seguiram até a Rua Dom Marcos Barbosa e foram a pé até a prefeitura. Os manifestantes caminharam pela Rua Pinto de Azevedo, que ficou parcialmente interditada. O trânsito precisou ser desviado para a Rua Afonso Cavalcanti.

Segundo a convocação para o ato, eles passariam por diversos pontos da cidade, como Barra da Tijuca, Méier, Madureira, Copacabana e São Cristóvão. O Centro de Operações informou ainda que faz um monitoramento da cidade desde a meia-noite desta segunda-feira com o apoio de equipes da Secretaria Municipal de Ordem Pública, Secretaria Municipal de Transportes, Guarda Municipal e CET-Rio. 

Últimas de Rio De Janeiro