PM cerca prédio comercial em Copacabana

Policiais receberam denúncia de que assaltantes teriam invadido edifício, cheio de lojas comerciais, na Rua Santa Clara, mas nada foi encontrado

Por O Dia

Rio - Policiais militares cercaram um prédio comercial na Rua Santa Clara, número 33, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, na manhã desta segunda-feira. O batalhão local recebeu a denúncia de que criminosos haviam invadido o edifício, que tem 190 lojas, para assaltar. 

Prédio comercial em Copacabana foi fechado e cercado pela PM%2C mas ninguém foi encontradoReprodução Facebook / Copacabana Alerta

Pelo menos seis viaturas estão na frente do prédio e policiais fazem buscas dentro do prédio. Entretanto, o porteiro do edifício estaria informando que não procede a denúncia de roubo.

Parede de prédio tem marca de tiro. Polícia investiga suspeita de assaltoEstefan Radovicz / Agência O Dia

"Houve uma confusão aqui na rua, mas o porteiro do prédio disse que não está acontecendo nada. Alguém ligou e denunciou que estariam assaltando no prédio. O prédio foi fechado e tem seis viaduras na porta. Mas os clientes estão perguntando e o porteiro está passando que não tem nada", disse Carlos Alexandre, proprietário de uma loja de malas próxima ao Santa Clara 33.

O síndico do prédio, Jacks Nudelman, confirmou a informação e disse que a denúncia partiu do quinto andar do prédio. Segundo ele, foi seguido todos os protocolos de segurança, a polícia acionada, passou em todos os andares do prédio, bateu nas portas das lojas, mas nenhum indício de assalto.

Entretanto, frequentadores do local afirmam que um policial teria disparado um tiro contra os criminosos. Há uma marca de tiro na escada do quinto andar. Procurada, a PM informou que ainda estava apurando a ocorrência. 

‘Aqui tem três joalherias. O prédio deveria ter mais segurança. É um absurdo não ter. Temos medo”, revelou um comerciante que preferiu não se identificar.


Reportagem de Adriano Araujo, Luarlindo Ernesto e do estagiário Rafael Nascimento

Últimas de Rio De Janeiro