Polícia prende 30 torcedores do Fluminense no Engenhão

Eles estavam esperando o fim do clássico para agredir botafoguenses na noite desta quinta-feira

Por O Dia

Rio - Pelo menos 30 integrantes da torcida do Fluminense foram presos durante o clássico com o Botafogo, no Engenhão, na noite desta quinta-feira. De acordo com os policiais do Grupamento Transportado em Ônibus Urbano, os suspeitos estavam esperando o fim da partida para agredir botafoguenses. 

Na revista, eles foram flagrados levando socos inglês e porretes. O grupo foi detido e levado para a Cidade da Polícia. Essa seria a segunda ocorrência de briga após um clássico no estádio. No mês passado, o torcedor do Botafogo Diego Silva dos Santos, de 28 anos, foi morto durante uma confusão com a torcida do Flamengo antes do jogo.

Na manhã desta quinta-feira, cinco pessoas foram presas suspeitas de participar da morte de Diego. As detenções fizeram parte de uma operação da Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital). Os agentes buscaram cumprir 20 mandados de prisão, oito deles diretamente contra torcedores rubro-negros que estariam envolvidos na morte de Diego

Três continuam foragidos. Os agentes apreenderam ainda dinheiro, soco inglês, morteiros e acessórios da torcida organizada do Flamengo. Os oito suspeitos da morte do torcedor do Botafogo estão indiciados por crimes de homicídio qualificado e associação criminosa. Os outros com mandados de prisão são integrantes da Torcida Jovem Fla, envolvidos em outros crimes, mas sem participação na morte de Diego.

Últimas de Rio De Janeiro