Rio inicia vacinação em massa contra a febre amarela

Cariocas fazem filas em postos de saúde em vários pontos da cidade em busca da imunização

Por O Dia

Rio - Milhares de cariocas procuram unidades de saúde do município do Rio, na manhã deste sábado, para receber a dose de imunização contra a febre amarela. Somente hoje e segunda-feira a Prefeitura do Rio espera vacinar 200 mil pessoas contra a doença. Este é o total de doses que estão disponíveis nas 233 unidades de atenção primária, incluindo clínicas da famílias e centros municipais de saúde.

Fila era grande no Centro Municipal de Saúde Heitor Beltrão%2C na TijucaMárcio Mercante / Agência O Dia

Antes da abertura dos portões, nesta manhã, Dia D da vacinação, a fila era grande no Centro Municipal de Saúde Heitor Beltrão, na Tijuca. O posto João Barros Barreto, em Copacabana, também registrava boa concetração de pessoas em busca da imunização.

A procura pela vacina aumentou ainda mais na cidade com o anúncio, no último dia 15, da primeira morte pela doença no Estado do Rio, o que gerou grandes filas nos 34 postos do Rio que ofereciam a vacina até sexta, com prioridade para quem tinha viagem marcada para áreas de risco da doença.

Já pelas contas da Secretaria estadual de Saúde (SES), somente a partir do dia 3 de abril é que a vacinação será intensificada no município do Rio e na Região Metropolitana. Na área vivem mais de 12,2 milhões de pessoas, mais de 70% da população do estado, de 16,6 milhões. Por enquanto, informou a SES, 31 municípios fluminenses receberam vacinas suficientes para atender a toda a população, mas não foi informado o total.

Mais de 230 unidades de atenção primária%2C incluindo clínicas da famílias e centros municipais de saúde%2C estão vacinando hojeMárcio Mercante / Agência O Dia

A maioria dessas cidades, porém, não chega a 100 mil habitantes. Em outras 33 também incluídas nas áreas prioritárias a expectativa é que sejam atendidas com doses da vacina entre sete e dez dias. De acordo com a SES, foram distribuídas este ano mais de 2,733 milhões de doses para os 92 municípios, com prioridade para as cidades consideradas mais vulneráveis.

Locais e horários

Hoje, Dia D da vacinação contra a febre amarela no município do Rio, as 233 unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde)vão funcionar das 8 às 17h. A lista dos endereços pode ser acessada pelo site .

Público-alvo

Crianças acima de 9 meses de idade e adultos até 59 anos. As pessoas devem levar os documentos de identidade e caderneta de vacinação.

Contraindicações

A vacina é contraindicada a crianças menores de seis meses, idosos acima dos 60 anos, gestantes, mulheres que amamentam crianças de até seis meses, pacientes em tratamento de câncer e pessoas imunodeprimidas. Acima dessas faixas, apenas com recomendação médica.

Duas doses

O esquema da febre amarela é de duas doses, tanto para adultos quanto para crianças. As crianças devem receber as vacinas aos nove meses e aos quatro anos de idade. Assim, a proteção está garantida para o resto da vida. Para quem não tomou as doses na infância, a orientação é de uma dose da vacina e outra de reforço, dez anos depois da primeira.

Outras vacinas

Se a criança tiver alguma dose do Calendário Nacional de Vacinação em atraso, ela pode tomar junto com a febre amarela, com exceção da tríplice viral ou tetra viral. A criança que não recebeu a vacina para febre amarela nem a tríplice viral ou tetra viral e for atualizar a situação vacinal, a orientação é receber a dose de febre amarela e agendar a proteção com a tríplice viral ou tetra viral para 30 dias depois.

Últimas de Rio De Janeiro