Vacinação contra febre amarela é suspensa por conta de tiroteio no Parque União

Postos de saúde do Complexo da Maré suspenderam o atendimento às 14h30 deste sábado

Por O Dia

Rio - Um tiroteio no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio, interrompeu a vacinação contra a febre amarela em três postos de saúde localizados na região por volta das 14h30 deste sábado. As unidades que foram fechadas são o Centro Municipal Parque União, Centro Municipal Hélio Smidt e Centro Municipal Samora Machel.

De acordo com a Polícia Militar, o Bope realizou uma operação no Parque União, neste sábado. Uma pessoa foi ferida e encaminhada para o Hospital Geral de Bonsucesso. Duas pistolas e drogas foram apreendidas na operação. 

Rio inicia vacinação em massa contra a febre amarela

Milhares de cariocas procuraram unidades de saúde do município do Rio, na manhã deste sábado, para receber a dose de imunização contra a febre amarela. Somente hoje e segunda-feira a Prefeitura do Rio espera vacinar 200 mil pessoas contra a doença. Este é o total de doses que estão disponíveis nas 233 unidades de atenção primária, incluindo clínicas da famílias e centros municipais de saúde.

Fila era grande no Centro Municipal de Saúde Heitor Beltrão%2C na TijucaMárcio Mercante / Agência O Dia

Antes da abertura dos portões, nesta manhã, Dia D da vacinação, a fila era grande no Centro Municipal de Saúde Heitor Beltrão, na Tijuca. O posto João Barros Barreto, em Copacabana, também registrava boa concetração de pessoas em busca da imunização.

A procura pela vacina aumentou ainda mais na cidade com o anúncio, no último dia 15, da primeira morte pela doença no Estado do Rio, o que gerou grandes filas nos 34 postos do Rio que ofereciam a vacina até sexta, com prioridade para quem tinha viagem marcada para áreas de risco da doença.

Últimas de Rio De Janeiro