Por rafael.nascimento

Rio - Um homem foi baleado no fim da madrugada desta segunda-feira dentro de uma composição de um trem — entre as estações de Ricardo de Albuquerque e Olinda, do ramal de Japeri, quando o transporte seguia para a Baixada Fluminense. Domingos José Rodrigues Gomes, 23 anos, foi atingido no braço, após uma tentativa de assalto. 

O homem foi socorrido e levado por uma equipe do Corpo de Bombeiros para o Hospital da Posse, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com a unidade, ele foi atendido, passou por exames e foi liberado após receber curativos.

Segundo a Supervia, a circulação do ramal chegou a ser interrompida, mas voltou a circular cerca de 30 minutos depois, às 6h20. Os horários de circulação dos trens ficaram irregulares. De acordo com a PM, o GPFER (Grupamento de Polícia Ferroviária) foi acionado para a ocorrência, mas até as 13h ninguém havia sido preso.

O GPFER nos trilhos e estações de trem, contando com o apoio dos batalhões da área que fazem a segurança no entorno, segundo a corporação. A Unidade mantém também um canal de comunicação direto com o Centro de Operações da SuperVia.

Os passageiros que estavam no trem em que Domingos foi baleado tiveram que desembarcar e seguir viagem em outro que passou pelo local. A SuperVia lamentou o ocorrido e reforça que, segundo o contrato de concessão, "a segurança pública dentro do sistema ferroviário é de responsabilidade exclusiva do Governo do Estado, que atua nas estações e trens por meio do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer)."

Ainda assim, a concessionária disse que contrata efetivo extra, através do Programa Estadual de Integração de Segurança (PROEIS), buscando garantir maior segurança aos seus passageiros.

O caso foi registrado na 57ª DP (Nilópolis), mas no final da tarde será encaminhado para a 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), onde o fato deverá ser investigado.

Reportagem do estagiário Rafael Nascimento

Você pode gostar