Cenário de destruição em base da UPP da Formiga é registrado após morte e ataque

Um homem morreu após policiais e traficantes entrarem em confronto no morro. Viatura foi incendiada e moradores chegaram a fechar via da Tijuca

Por O Dia

Rio - Alvo de um ataque após um confronto entre policiais e traficantes, a base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Morro da Formiga, na Tijuca, foi completamente destruída, nesta quarta-feira. Uma imagem enviada ao WhatsApp do DIA (98762-8248) mostra o cenário de destruição. Durante um confronto entre policiais e traficantes, um homem morreu e um PM foi baleado em gravidade. 

Base da UPP Formiga ficou destruída após ataqueLeitor WhatsApp O DIA (98762-8248)

Em nota, a UPP disse que a imagem mostra uma das bases da unidade que existem no Morro da Formiga, o que não vai prejudicar o trabalho dos policiais.

De acordo com o comando da UPP Formiga, policiais faziam patrulhamento na tarde desta quarta-feira quando foram atacados por criminosos. Homem foi baleado e socorrido para o Hospital Federal do Andaraí, mas não resistiu. Logo em seguida, a base foi atacada. Uma viatura colocada no acesso ao morro também foi incendiada.

A unidade não informou as circunstâncias em que ele foi atingido. Procurada, a Polícia Civil ainda não se pronunciou sobre a investigação, que está a cargo da Delegacia de Homicídios (DH-Capital). Nas redes sociais, amigos e moradores lamentaram a morte. "Mais um inocente que se vai", escreveu uma internauta. 

Até a madrugada desta quinta-feira, os batalhões de Operações Policiais Especiais (BOPE) e de Choque (BPChq) reforçavam o policiamento na comunidade. Um policial ficou ferido por estilhaços, sem gravidade, e foi socorrido ao Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio. O ataque à base da UPP foi seguido por um novo confronto, que assustou moradores e quem passava por ruas do bairro próximas à favela. 

Últimas de Rio De Janeiro