Estudante é morta dentro de escola em Acari

Adolescente foi atingida por tiro durante confronto entre suspeitos e militares, na Fazenda Botafogo. Protesto na Avenida Brasil teve violência

Por O Dia

Maria Eduarda Alves da Conceição%2C de 13 anos%2C foi morta dentro do Colégio Daniel PizaReprodução Internet

Rio - A adolescente Maria Eduarda Alves da Conceição, 13 anos, foi morta, na tarde desta quinta-feira, dentro do Colégio Daniel Piza, em Acari, na Zona Norte do Rio. De acordo com a Polícia Militar, a estudante foi atingida por um disparo durante um confronto entre suspeitos e militares no Complexo da Pedreira, perto do Rio Acari. A vítima, que era do 7º ano, estava na aula de Educação Física quando foi baleada.

De acordo com familiares da vítima que estão na escola, entre eles uma irmã grávida, a mãe da jovem passou mal ao saber de sua morte. A informação foi confirmada pela Secretaria Municipal de Educação.

Às 18h50, moradores da Pedreira fizeram uma vígilia na escola. Um blindado da PM ficou na porta do local, à espera da perícia da Delegacia de Homicídios (DH). Antes, por volta 17h40, manifestantes pararam três pontos da Avenida Brasil. 

Manifestação ganhou contornos violentos quando pedestres depredaram veículos e tentaram assaltar motoristasReprodução de TV

O protesto teve contornos de violência quando vários pessoas tentaram bloquear as pistas da via expressa com paus, pneus, tijolos e pedaços de madeira no trecho de Barros Filho, Fazenda Botafogo e Costa Barros. Algumas pessoas arremesaram objetos em carros e tentaram roubá-los, provocando pânico em motoristas. Muitos voltaram na contramão.

O Centro de Operações da Prefeitura (COR) informou, às 18h15, que a via foi fechada nos dois sentidos, na altura de Barros Filho. O COR recomenda aos motoristas evitarem a região. Há retenções desde a altura de Realengo, em direção ao Centro. No sentido Zona Oeste, a lentidão começa em Irajá. Até às 21h25, a via ainda não havia sido liberada.

Policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) e de outras unidades reforçam o policiamento na região. Por volta das 19h, militares do Choque dispersaram os manifestantes com bombas de efeito moral.

Ainda segundo a PM, ainda no confronto desta tarde, dois homens foram feridos e com eles foram apreendidos um fuzil e uma pistola. Até o momento, não há informações sobre o estado de saúde dos suspeitos.

Maria Eduarda Alves da ConceiçãoReprodução Internet

Amigos lamentam tragédia nas redes sociais

Muitos amigos de Maria Eduarda usaram as redes sociais para lamentar a morte da adolescente. "Não estou acreditando. Volta, Duda. Diz que é mentira que você se foi", escreveu um. "Está doendo muito", comentou outra. Cena horrível! Não dá para acreditar", publicou mais uma amiga. 

"Com seu jeitinho, veio e conquistou meu coração. Mas que Deus venha confortar toda a família. Infelizmente, nessas guerras sempre tem um inocente", lamentou outra. "Logo você uma mina tão brincalhona. Logo você, Duda. Saudades eternas", publicou outro. 

Reportagem da estagiária Luana Benedito



Últimas de Rio De Janeiro