Moradores da Formiga fazem protesto contra morte de rapaz em confronto

Rua Conde de Bonfim, entre a descida do Alto da Boa Vista e a Rua Uruguai, chegou a ser fechada nos dois sentidos por conta da manifestação

Por O Dia

Rio - Pelo segundo dia consecutivo, moradores do Morro da Formiga, na Tijuca, na Zona Norte do Rio, fazem protesto contra a morte de um mototaxista baleado durante confronto entre PMs e traficantes na última quarta-feira. A Rua Conde de Bonfim, entre a descida do Alto da Boa Vista e a Rua Uruguai, chegou a ser interditada na tarde desta quinta e policiais acompanharam a movimentação.

Parte do comércio chegou a ser fechado entre as vias por suposta ordem de traficantes da comunidade. A Polícia Militar, no entanto, disse não ter conhecimento de que bandidos teriam ordenado o fechamento de lojas no trecho do bairro.

Moradores do Morro da Formiga protestam contra morte de motoboy WhatsApp O DIA (98762-8248)

De acordo com o comando da UPP Formiga, o homem foi baleado na tarde da última quatra-feira após policiais serem atacados por criminosos. A vítima foi socorrida para o Hospital Federal do Andaraí, mas não resistiu aos ferimentos. No entanto, a PM não esclareceu se o homem tinha ou não relação com o  tráfico. 

Nas redes sociais, amigos e moradores lamentaram a morte do rapaz. "Mais um inocente que se vai", escreveu uma internauta.

Base da UPP Formiga ficou destruída após ataqueLeitor WhatsApp O DIA (98762-8248)

Após a morte do homem, uma das bases da UPP na comunidade foi atacada e uma viatura colocada no acesso ao morro também foi incendiada. Um novo tiroteio aconteceu e um policial se feriu. O PM foi levado para Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, no Centro do Rio, e não corre risco de morrer.


Últimas de Rio De Janeiro