Reclamar Adianta: Um número estarrecedor

Justiça no Brasil superou a barreira dos 110 milhões de processos em tramitação, quase 30 milhões deles têm origem no Direito do Consumidor

Por O Dia

Rio - O número é fantástico: a Justiça no Brasil superou a barreira dos 110 milhões de processos em tramitação. E quase 30 milhões de processos judiciais no Brasil têm origem no Direito do Consumidor. Isso é o resultado da judicialização do consumo no país, ou seja, ações movidas por clientes contra os fornecedores que insistem em não respeitar o Código do Consumidor. Mostra o quanto é ainda longa a estrada a ser percorrida para que cheguemos perto dos padrões americanos da relação civilizada entre fornecedor e consumidor. Grande parte das demandas judiciais são o resultado de fornecedores que jogam na hipótese de o consumidor não recorrer à Justiça. Muitos desanimam ou nem sabem como acionar o fornecedor que violou seu direito. A maioria dos casos refere-se ao não cumprimento da obrigação por parte do fornecedor ou do prestador de serviço.

"Mudança no comportamento deve ser definitiva%2C para evitar nova negativação. Atitude financeira deve ser até com nome sujo"%2C José Vignoli%2C Educador financeiro SPC BrasilDivulgação

RUA AS ESCURAS!

Moro na Rua Raul Pederneiras no bairro de Mutondo, em São Gonçalo. Nesta rua há várias lâmpadas queimadas. Os postes ficam em frente aos números 71 e 77. Já estamos cansados de fazer essa mesma reclamação com a prefeitura e nada é resolvido! Gostaria que alguém nos ajudasse. Luceia Maria dos Santos, Mutondo – São Gonçalo.

A demanda foi encaminhada ao Departamento de Iluminação Pública. Uma equipe será enviada ao local em até sete dias. Assessoria de Imprensa da Prefeitura de São Gonçalo.

QUEDA DE ENERGIA

É um absurdo a oscilação de energia elétrica aqui na Rua Pinheiro da Cunha, na Tijuca. Tenho receio de que os nossos eletrodomésticos queimem em razão dessas quedas de energia. Já entramos em contato com a Light, mas até o momento nada mudou! Conceição Cristina Fernandes Teixeira, Tijuca – Rio de Janeiro. 

A Light vai realizar vai vericar, o endereço citado, para analisar se há necessidade de algum tipo de intervenção na rede elétrica como, por exemplo, reparo ou substituição de equipamento ou fiação. Assessoria da Light

SEM INTERNET

Gostaria de fazer uma reclamação da Oi, pois desde 13 de março estou sem telefone e sem internet, devido a um fio que foi rompido na rua. Liguei para a Oi e o atendente disse que só poderia marcar a visita do técnico para daqui a dois dias. Vou ficar três dias sem internet? Daniele Moledo Teixeira, Mesquita – Rio de Janeiro.

Cliente nos repassou que que seu Fixo e Velox já estavam funcionando normalmente, após execução de reparo técnico no dia 15/03 no período da tarde. Informamos então que os 3 dias em que a mesma ficou sem os serviços serão ressarcidos em forma de crédito em conta futura. Assessoria de Imprensa da Oi

PROBLEMA SOLUCIONADO!

Gostaria de agradecer imensamente pela resolução do grande problema que a Oi TV havia me criado. Com a intervenção dos seus serviços, em menos de uma semana, o meu apelo a vocês teve como consequência o restabelecimento dos meus direitos. Estou absoluta e positivamente impressionada com a ação desse serviço. Parabéns a todos pelo empenho e novamente, muito obrigada por me atenderem.  Hevê Barros, Copacabana – Rio de Janeiro.

DÚVIDAS FREQUENTES

Com a doutora Luciana Gouvêa, da Gouvêa Advogados Associados

Luciana Gouvêa%2C advogada e diretora da Gouvêa Advogados AssociadosDivulgação

O casamento homoafetivo já é uma realidade em 11 países do mundo. Na América Latina, a Argentina saiu na frente seguida do Uruguai. Quanto ao Brasil, segundo a advogada Luciana Gouvêa, “apesar da Constituição Federal determinar que a relação contínua e duradoura definidora da união estável deve ser entre homem e mulher, o Supremo Tribunal Federal já reconhece a união estável homoafetiva. Assim, no caso de união estável de fato entre parceiros do mesmo sexo pode ser aplicada a mesma lei que trata dos casais heteroafetivos e os cartórios de todo o Brasil devem facilitar a celebração do casamento civil ou a conversão em casamento da união estável homoafetiva."

?Coluna de Átila Nunes

Últimas de Rio De Janeiro