Vídeo mostra tumulto após intenso tiroteio no Santa Marta

Confusão ocorreu após traficante ser baleado em troca de tiros com a polícia. Base da UPP também foi atacada na noite desta quinta-feira

Por O Dia

Rio - A noite desta quinta-feira foi de terror para os moradores do Morro Santa Marta, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Após um intenso tiroteio, um grupo atacou e provocou um princípio de incêndio na base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um tumulto na comunidade depois do confronto. As imagens mostram muita correria e gritaria na favela. 

A confusão teria ocorrido após o traficante conhecido 'Piranha' ser baleado durante um intenso tiroteio com policiais militares. Segundo relatos, ele teria morrido no próprio local. No entanto, a UPP disse que o suspeito foi ferido e socorrido para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Até a publicação desta reportagem, a Secretaria de Saúde não havia confirmado a morte do homem.

De acordo com a polícia, PMs foram atacados enquanto faziam patrulhamento pela localidade do Cruzeiro. Houve confronto na região. A UPP contou que duas pessoas que estavam no local foram levadas para prestar depoimento na 9ª DP (Catete). A unidade destacou que ninguém foi preso pelo ataque à base e enfatizou que o policiamento foi reforçado na favela, com apoio do Batalhão de Ações com Cães (BAC).

Por meio das redes sociais, os moradores relataram que ouviram o tiroteio em outras ruas de Botafogo. "É uma pena que isso esteja acontecendo. Estamos entregues à violência", lamentou um deles. "O Santa Marta era tranquilo, mas agora está voltando a ser o que era antigamente. Um terror", disse outro internauta.

Últimas de Rio De Janeiro