Traficante foragido após o tiroteio em Acari é preso em Caxias

Peterson Sodre Jorge, o Maia, foi encontrado em um hospital após ter sido baleado no confronto com a polícia

Por O Dia

Rio - A Polícia prendeu em flagrante nesta segunda-feira, Peterson Sodre Jorge, de 25 anos, conhecido como Maia, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. De acordo com os agentes, o homem é um dos envolvidos no tiroteio entre traficantes e policiais em Acari, na Zona Norte do Rio, na última quinta-feira, que vitimou a estudante Maria Eduarda Alves da Conceição, de 13 anos. A estudante foi morta por uma bala perdida durante a aula de Educação Física dentro do Colégio Daniel Piza.

Na ocasião, dois suspeitos de integrar o tráfico local foram mortos no confronto. Segundo a Polícia Civil, Peterson, que foi baleado no braço, conseguiu fugir para o Hospital Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias. Na unidade, o suspeito disse ter sido vítima de uma bala perdida. 

De acordo com as investigações, o homem atuava como gerente do tráfico na boca de fumo conhecida como Bagdá, no Morro da Pedreira. Ele também seria o responsável pela negociação de armas e drogas.

Últimas de Rio De Janeiro