Por gabriela.mattos

Rio - Policiais da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) prenderam 11 pessoas por tráfico de drogas, na manhã desta terça-feira, durante uma operação no Complexo do Andaraí, na Zona Norte do Rio. Entre os detidos está o traficante conhecido como Tizil, que é suspeito de matar o soldado Alex Amâncio Ferreira em julho do ano passado.

Polícia fez operação para combater tráfico de drogas no AndaraíDivulgação

A Operação Umbra, que teve apoio da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade, também teve o objetivo de combater crimes de receptação ocorridos na região. Durante as investigações, os policiais constataram que Gilson Brígido dos Santos, conhecido como Cabral ou Negão, ainda comandava o tráfico na favela mesmo preso na Penitenciária Gabriel Ferreira de Castilho, em Bangu.

No inquérito, a Polícia Civil indiciou 31 pessoas envolvidas com o tráfico e associação para o tráfico de drogas, e também pediu a prisão preventiva dos suspeitos. Os outros 20 suspeitos continuam foragidos. Nos seis primeiros meses de 2016, houve 27 confrontos entre PMs e traficantes na comunidade.

Você pode gostar