Moradores da UPP Fazendinha acusam PMs por morte de cachorro

Segundo o CPP, houve troca de tiros com suspeitos e o animal acabou sendo atingido

Por O Dia

Rio - Moradores do Morro da Fazendinha, no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, acusam policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local de atirar e matar um cachorro na localidade conhecida como Claro, na manhã desta sexta-feira.

Pelo WhatsApp do DIA (98762-8248), dois moradores que não quiseram se identificar relataram que disparos à esmo foram feitos pelos PMs e um deles acertou o cão, que morreu no local. Procurado pelo DIA, o Comando de Polícia Pacificadora (CPP) informou que os PMs da UPP foram atacados por criminosos na base avançada e, na troca de tiros, o cachorro foi atingido.

Segundo os militares, a viatura do comandante também foi alvejada, mas nenhum policial se feriu. Os bandidos fugiram. O CPP não informou se os suspeitos foram presos. O caso foi registrado na 45ª DP (Alemão).

Últimas de Rio De Janeiro