Por gabriela.mattos
PM apura afronta de bandidos a policiaisReprodução

Rio - O Serviço Reservado do 4º BPM (São Cristóvão) vai analisar uma foto em que três homens em um carro aparecem apontando armas para uma dupla de policiais sobre motos, de costas, no Estácio. Denúncias relatadas ontem na página ‘Rio de Nojeira’, no Facebook, dão conta de que a imagem foi feita bem perto do Hospital Central da PM.

“Digo uma coisa: esse bonde aí que deve estar aterrorizando a região. No feriado passado, eles fizeram a limpa no bairro: dois bares, transeuntes e um posto de gasolina. Após renderem um carro na porta de onde moro, levaram tudo dos ocupantes”, comunicou um morador, que enviou a foto à comunidade na rede social. O autor da denúncia diz ainda que moradores já ligaram para o batalhão da área “e a resposta é sempre a mesma: ‘Aí tem policiamento’”.

Um policial informou ao DIA que nenhuma das armas da foto é de uso da polícia do Rio. Segundo ele, uma delas é uma pistola Glock, austríaca, com kit rajada, capaz de disparar até 30 tiros de uma vez. As outras duas são uma pistola Beretta e um fuzil M4A1. As três são consideradas armamento pesado. “É colado ao hospital da PM. Que afronta! Daqui a pouco em vez de tirarem foto apontando arma, vão fazer vídeo dando tiro pra cima dos ‘polícias’, comentou outro internauta. A Polícia Civil não se manifestou.

Você pode gostar