Duas pessoas morrem e duas ficam feridas após operação do Bope no Alemão

Polícia nega que tenha ocorrido confronto durante ação na comunidade

Por O Dia

Rio - Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas após uma operação do Bope no Complexo do Alemão na manhã desta sexta-feira. Segundo a polícia militar, PMs da UPP Nova Brasília encontraram Gustavo Silva, 17 anos, morto. Além do jovem — que estava a caminho do trabalho, segundo moradores — outro homem deu entrada no PAM de Del Castilho e também não resistiu, uma adolescente foi ferida e socorrida para a UPA do Alemão, e um bandido, conhecido como "Malvadão", deu entrada no Hospital Federal de Bonsucesso. 

Polícia faz operação no Complexo do AlemãoJadson Marques

Questionada se houve confronto, a polícia negou o tiroteio e não explicou se os casos tem relação entre si. Ainda de acordo com a coorporação, o objetivo da operação era a instalação de uma torre blindada no Largo do Samba. 

Jovem morto a caminho do trabalho

Segundo moradores, Gustavo Silva estava indo para padaria onde trabalhava, na região da Alvorada, na Nova Brasilia, quando foi atingido por uma bala perdida. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu. O local onde o jovem foi encontrado está isolado aguardando chegada da Divisão de Homicídios para realização da perícia. 

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentaram a morte de Gustavo. "Nunca imaginamos que vai acontecer com quem mais gostamos, a palavra MORTO é inaceitável para você, Gustavo", escreveu um. "Um menino bom e trabalhador teve esse fim. Descanse em paz", manifestou outro.




Últimas de Rio De Janeiro