Polícia prende suspeito de assaltar prédio em São Conrado

Crime ocorreu no início deste mês. Suspeito, conhecido como Pedro Dom, foi encontrado no Complexo da Pedreira na manhã desta quarta-feira

Por O Dia

Pedro Dom participou de roubo a um condomínio em São ConradoDivulgação

Rio - Um suspeito de assaltar um prédio, em São Conrado, foi preso na manhã desta quarta-feira. Conhecido como Pedro Dom, Pedro Ernesto Conceição Muniz foi encontrado no Complexo da Pedreira, em Costa Barros, Zona Norte do Rio. A ação foi comandada pela 11ª DP (Rocinha) e teve apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC).

De acordo com a polícia, o suspeito estava com um revólver calibre 38 com numeração raspada. Além disso, os agentes conseguiram recuperar uma carga de pneus para equipamentos superpesados, avaliada em mais de R$ 400 mil. A polícia informou ainda que Pedro Dom é investigado em pelo menos quatro delegacias, já que teria roubado outras residências e cargas em diversos pontos da cidade.

Pedro Ernesto Conceição Muniz foi preso nesta quarta-feiraDivulgação

Prédio é assaltado em São Conrado

Três dias antes do assalto, um dos ladrões já tinha ido até o prédio. Ele se apresentou com um nome falso ao porteiro, dizendo que iria retirar o entulho da obra e precisava subir pra saber o número de caçambas necessárias para fazer o trabalho. O porteiro deixou o criminoso entrar, mesmo sem ter o nome na lista, e ele passou o dia fazendo uma "avaliação" do apartamento.

No dia do crime, eles aparecem nas imagens das câmeras de segurança do prédio, fingindo serem funcionários de uma obra. Eles estavam armados, renderam a mulher que trabalhava no apartamento e roubaram joias e dinheiro.

Depois do crime, os homens conseguiram fugir. Nas imagens das câmeras de segurança dá pra ver a hora que eles saem correndo do prédio em direção à rua. Outras imagens mostram que um carro dava cobertura e esperava por eles em frente ao prédio. Após investigações, a polícia entrou com o pedido de prisão temporária de Pedro Dom na Justiça.

Últimas de Rio De Janeiro