Morador é baleado no Complexo do Alemão

Em menos de uma semana, região já registra quatro mortes

Por O Dia

Rio - Um morador foi baleado, na tarde desta quinta-feira, na localidade conhecida como Largo do Índio, no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. De acordo com o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, por volta das 14h, homens armados atacaram a tiros e granadas uma equipe policial na região.

Ainda segundo a UPP, uma pessoa ficou ferida na ação. O homem foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Alemão. Ainda não há informações sobre a identidade e o estado de saúde da vítima. 

Na noite desta quarta-feira, mais um jovem foi morto no Complexo do Alemão. De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), Felipe Farias foi atingido na cabeça por um disparo. Ele chegou a ser levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, mas são resistiu aos ferimentos. O CPP não esclareceu se o disparo que atingiu Felipe partiu de suspeitos de tráfico da região ou de policiais da UPP.

Com a ocorrência do rapaz, o Complexo do Alemão já registra quatro mortes em menos de uma semana. Um protesto foi realizado nesta noite, após o enterro do adolescente Paulo Henrique, morto nesta segunda-feira, e terminou em tiroteio e confusão.

'Nenhuma vida vale o confronto', diz Pezão sobre confrontos

Após quase uma semana de confrontos no Complexo do Alemão, Zona Norte do Rio, o governador Luiz Fernando Pezão voltou a dizer que precisa de ajuda do governo federal para tentar solucionar os problemas de segurança do estado. Em entrevista à rádio CBN, na manhã desta quinta-feira, ele afirmou que precisa ter mais recursos.

"Eu tenho quatro mil policiais para serem admitidos, mas infelizmente hoje não posso. Não há recursos", lamentou Pezão, que lembrou ainda do crescente número de mortes de policiais militares no Rio. "É importante a gente não achar normal que perdemos, em quatro meses, mais de 50 policiais", reforçou.

Os intensos tiroteios no Alemão se tornaram frequentes desde a última sexta-feira, quando a PM resolveu instalar uma cabine blindada na localidade conhecida como Largo do Samba. 

Últimas de Rio De Janeiro