Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo são levados para depoimento em Curitiba

Ida do casal para depoimento ao juiz Sérgio Moro deveria ocorrer na noite de ontem, mas problema técnico evitou decolagem. Audiência será às 14h

Por O Dia

Rio - O ex-governador Sérgio Cabral e sua esposa, Adriana Ancelmo, foram levados pela Polícia Federal para Curitiba na manhã desta quinta-feira, onde prestarão depoimento ao juiz Sérgio Moro, às 14h. A decolagem ocorreria na noite de ontem, mas um problema técnico impediu a viagem.

Cabral dormiu na sede da Polícia Federal no Rio, na Região Portuária, enquanto Adriana Ancelmo voltou para a sua casa, no Leblon, onde cumpre prisão domiciliar. A advogada deixou sua casa por volta das 5h30 em direção à base aérea do Galeão, enquanto Cabral deixou a PF às 7h.

Sergio Cabral e Adriana Ancelmo vão prestar depoimento ao juiz Sérgio Moro nesta quinta-feira (27)Montagem sobre reproduções

O depoimento dos dois a Moro será na 13ª Vara Federal do Paraná, no processo sobre desvios de dinheiro na construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Nesta quarta-feira, o casal chegou a se ver na PF. "Os dois chegaram a se encontrar na sala da Polícia Federal e se despediram", afirmou um agente.

Justiça determina volta de Adriana Ancelmo para a cadeia

Ainda na tarde desta quarta-feira, a Primeira Turma Especializada do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) determinou em julgamento a volta da ex-primeira-dama Adriana Ancelmo para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

A mulher do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) estava em prisão domiciliar por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Mesmo com a decisão, ela continuará em prisão domiciliar até o julgamento do recurso solicitado pela defesa.

Últimas de Rio De Janeiro