Família libera o corpo de PM assassinado em Irajá

O enterro será às 16h30 no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap

Por O Dia

Rio - Familiares do PM soldado Albert Souza Ferreira, assassinado no sábado, em Irajá, foram na manhã deste domingo liberar o corpo do oficial lotado no 41º BPM. O enterro acontecerá hoje, às 16h30, no cemitério Jardim da Saudade em Sulacap.

"É uma situação complicada. Ele amava o que fazia e eu também amo. Ele partiu e deixou toda a família triste", sintetizou Adriano Souza Ferreira, irmão e também policial.

O soldado Albert deixou noiva e um filho de três anos de um relacionamento anterior.

Entenda o fato

No sábado, por volta das 17h, o PM Albert e outros dois policiais, o subtenente Domingos Serna Moledo e o soldado Renato Campos dos Santos, e uma pessoa identificada como Marcio Castro dos Santos, estavam na Rua Guiriba, esquina com a Rua Amandiú, em Irajá, quando bandidos em um carro, Citröen C3 preto, passaram disparando contra eles. Moledo foi ferido na perna direita e está fora de perigo. Renato e Marcio foram feridos, mas também estão fora de perigo.

Últimas de Rio De Janeiro