PM de UPP é preso transportando fornecedor de armas e munições para o tráfico

Policial da UPP Vila Cruzeiro foi preso transportando criminoso e mais de 3 mil munições de pistola apreendidas em veículo usado para esta finalidade

Por O Dia

Rio - Policiais da 39ª DP (Pavuna) prenderam, nesta quinta-feira, Paulo Cesar Oliveira Santos, conhecido como Índio, apontado como um dos principais fornecedores de armas e munições para o tráfico no Rio. Também foi preso um policial militar da UPP Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, que fazia o transporte do criminoso e mais de 3 mil munições de pistola, que seriam entregues para traficantes.

Índio é do complexo de comunidades de Senador Camará, na Zona Oeste da cidade, e apontado como armeiro de facções criminosas que atuam no Rio. O PM Vinicius dos Santos de Araujo conduzia o carro, um Hyundai I30, que levava o criminoso e 3.495 munições de pistola calibre 9mm dentro do porta-malas. Eles estariam a caminho de Acari. Segundo a polícia, o veículo era sempre usado para transporte de armas e munições.

Munições transportadas por PM de UPP e fornecedor do tráfico conhecido como ÍndioReprodução

O fornecedor de armas e munições estava foragido do sistema penitenciário e tem três passagens pelas práticas de homicídio e roubo. Durante as buscas no veículo, os agentes  encontraram, no porta-malas, 3.495 munições para calibre 9mm.

O DIA entrou em contato com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), que através de sua assessoria disse que ele ouvido na 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar (DPJM) e já está preso na Unidade Prisional da PM, em Niterói. Ele vai responder a um processo administrativo disciplinar na corporação.

Últimas de Rio De Janeiro