Trânsito melhor em Niterói

Túnel Charitas-Cafubá, com 1.350 metros, será aberto ao tráfego neste sábado

Por O Dia

Rio - O túnel Charitas-Cafubá, responsável pela ligação entre a Zona Sul e a Região Oceânica de Niterói, vai ser aberto ao público. A via, que faz parte da TransOceânica (um corredor que ficará pronto em 2018), será inaugurada amanhã, às 10h. Cada uma das galerias tem 1.350 metros de extensão e três pistas: duas para carros e uma para os ônibus do sistema BHS (Bus of High Level of Service ou Ônibus de Serviço de Alto Nível), além de ciclovia.

Túnel tem 40 câmeras%2C seis painéis de mensagens%2C 80 interfonesDivulgação

O túnel tem o Centro de Controle Operacional (CCO) com sistema inteligente de monitoramento das galerias. O equipamento, com transmissão em tempo real, permite rápido acionamento de resgate. O sistema tem 40 câmeras, seis painéis de mensagens, 80 interfones de emergência e 200 sinalizadores de evacuação de área.

Há 16 aparelhos de ventilação. “Transforma positivamente a nossa cidade, porque melhora a qualidade de vida, a mobilidade, dá mais fluidez ao trânsito e retira, a Região Oceânica do isolamento e da falta de infraestrutura”, disse o prefeito Rodrigo Neves.

De acordo com as projeções da prefeitura, assim que estiver definitivamente concluído, o complexo viário vai permitir que o trajeto entre Itaipu e Charitas, geralmente feito em uma hora, passe a ser feito em 20 minutos.

A TransOceânica começa em Charitas, na Avenida Prefeito Silvio Picanço, em frente à Maternidade Alzira Reis, e termina no bairro Engenho do Mato, em frente ao quartel do Corpo de Bombeiros. A obra custa R$ 310 milhões da Prefeitura de Niterói e do Governo Federal, e terá 9,3 Kms de extensão e 13 estações de ônibus do BHS. A previsão é que beneficie 80 mil pessoas por dia. 

Últimas de Rio De Janeiro