Polícia prende um PM e duas mulheres suspeitos de matar comerciante

A vítima foi sequestrada e assassinada em Cordovil, em agosto de 2016

Por O Dia

Rio - Lotado no 16º BPM (Olaria), o policial militar Fabiano Freire Barbosa, de 37 anos, apontado como responsável por sequestrar e matar o empresário Diogo Costa dos Santos, 31, foi preso nesta terça-feira por policiais da Delegacia de Homicídios do Rio e da Corregedoria Interna da Polícia Militar. Suspeitas de auxiliarem o policial no crime, Anna Carolina Rodrigues, 32, e Daiane dos Santos Pereira, 22, também foram presas.

O empresário era vizinho do policial e, em agosto do ano passado, teria sido obrigado a fazer saques de R$ 1 mil e uma transferência de R$ 18 mil. Logo depois, foi levado de volta para casa, onde permaneceu em cárcere por oito horas até ser morto a tiros. Seu corpo foi jogado em uma rua distante dois quilômetros de sua residência, na tentativa de simular um latrocínio. 

"Um crime bárbaro. Todos os envolvidos se conheciam do bairro onde moravam. Através de um trabalho de inteligência, analisando horas e horas de vídeo, chegamos ao trio”, afirmou o delegado Daniel Rosa, que investigou o caso.

Anna Carolina Rodrigues Fampa também é acusada de sequestrar e matar Diogo Costa dos SantosAgência O Dia

O corpo do empresário foi encontrado com as mãos amarradas e um tiro na cabeça. Imagens de câmeras de rua e do banco mostram a vítima em poder do trio.

Os três negam ter participado do crime, mas não quiseram prestar depoimento. Eles informaram ao delegado que irão se manifestar somente em juízo.

Uma prova parece ser irrefutável: a mesma camisa de marca, com desenhos praianos flagrados nas câmeras de segurança do banco, foi apreendida na casa do policial.

O militar foi levado para o Batalhão Especial Prisional, em Niterói. Já as mulheres foram encaminhadas para o Complexo Penitenciário de Bangu.

Daiane dos Santos Pereira é outra suspeita de participação no sequestro e na morte do comerciante em agosto do ano passadoAgência O Dia

Últimas de Rio De Janeiro