Neto de Zagallo deixa CTI e apresenta 'melhora progressiva'

Paulo Roberto Rodrigues Zagallo foi baleado em tentativa de assalto no último domingo

Por O Dia

Neto de Zagallo é internado após assalto na TijucaReprodução Facebook

Rio - Paulo Roberto Rodrigues Zagallo, neto do ex-técnico Mário Jorge Zagallo, deixou o Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Pasteur, no Méier, e foi transferido para um quarto, nesta terça-feira. De acordo com boletim médico envidado pela unidade, Paulo Zagallo "permanece em observação, apresentando melhora progressiva".

Tentativa de assalto

Paulo Roberto Rodrigues Zagallo, de 28 anos, foi baleado no último domingo numa tentativa de assalto na Rua Izidro de Figueiredo, na Tijuca. Segundo a Polícia Militar, o 4º BPM (São Cristóvão) foi acionado para verificar um disparo de arma de fogo no local.

Ao chegar na localidade, os militares constataram tratar-se de uma tentativa de roubo a carro e socorreram a vítima. Os bandidos fugiram antes da chegada das viaturas, sem roubar nada. Paulo Zagallo foi atingido por disparos no braço esquerdo e no tórax. 

No Facebook, o rapaz tranquilizou a todos sobre seu estado de saúde e contou como foi o assalto. 

"Fui deixar um amigo na Tijuca ontem, por volta das 3h, quando fomos surpreendidos por dois homens em uma moto. Um deles desmontou e veio em nossa direção falando para sair do carro. Ele parou do lado da minha janela (motorista) e apontou a arma. Quando fui abrir a porta para sair do carro, o automóvel andou um pouco pra frente. A reação do bandido foi atirar. Felizmente (poderia ter acertado lugares mais críticos), a bala atingiu meu braço esquerdo e colidiu com as costelas nas minhas costas, onde fraturou duas e depois se alojou na sétima delas. Meu amigo, que estava no carona, sofreu escoriações dos estilhaços de vidro mas não teve ferimentos graves, graças a Deus. Depois disso, os bandidos foram embora levando alguns pertences. O que importa no fim de tudo isso é que eu e meu amigo estamos bem, considerando o que poderia ter acontecido. Mais uma vez, obrigado pelo apoio de todos!", escreveu. 

Últimas de Rio De Janeiro