Homem mata companheira por briga na divisão dos bens

Acusado foi até a delegacia para denunciar o desaparecimento, mas história não convenceu. Corpo da vítima estava no porta-malas do carro

Por O Dia

Rio - Um homem foi preso nesta sexta-feira, acusado de matar sua companheira após discussão sobre divisão de bens. Marcos Leonardo Dos Santos Silva, de 40 anos, teria estrangulado Angela Gonçalves Pinto, também de 40, moravam juntos em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Antes do crime, o casal teria discutido sobre quem ficaria com um ar-condicionado na divisão de bens do divórcio.

Criminoso foi a delegacia para denunciar o desaparecimento da companheiraDivulgação

Segundo a Polícia Civil, o próprio acusado procurou a 35ª DP (Campo Grande) para registrar o desaparecimento da vítima, mas os policiais desconfiaram da versão passada pelo homem.

A farsa foi desvendada e os agentes descobriram que o criminoso escondia o corpo da companheira no porta-malas do próprio carro.

A Delegacia de Homicídios (DH) foi acionada e Marcos foi autuado pelos crimes de homicídio qualificado por asfixia, ocultação do cadáver e falsa comunicação de crime.

Últimas de Rio De Janeiro