Nevoeiro prejudica operação em aeroportos do Rio

Aeroportos Santos Dumont, no Centro, e Internacional Tom Jobim, no Galeão, operam com auxílio de instrumentos. Voos foram cancelados

Por O Dia

Rio - O forte nevoeiro que atinge o Rio na manhã desta segunda-feira prejudica a operação nos aeroportos da cidade. No Santos Dumont, a operação ocorre com o auxílio de instrumentos tanto para pousos quanto para decolagens, mas alguns pilotos tiveram dificuldade para pousar. Até 7h50, sete voos que deixariam o local haviam sido cancelados, cinco alternados e seis estavam atrasados devido ao mal tempo. Nove voos que viriam de São Paulo também foram cancelados.

O médico Paulo Mafran, 53 anos, mora em Joinville e está há mais de 20 horas tentando embarcar para o seu destino. Por conta do transtorno ele deixou vários pacientes que tinha na cidade nesta manhã sem atendimento.

Santos Dumont lotado na manhã desta segunda-feira. Mau tempo com nevoeiro voltou a prejudicar operação no aeroportoSeverino Silva / Agência O Dia

"Tento embarcar para Joinville desde ontem às 13h. Cheguei de entrar na sala de embarque da TAM e ficamos esperando mais de uma hora para decolar. Após a empresa falar que não iria decolar, ficamos mais três horas e meia para pegar o voucher e ir para o hotel. Sou médico e hoje de manhã eu teria vários pacientes para atender, um deles inclusive está em estado grave. Eu tinha embarque para 8h45, anteciparam para 8h15, pelo que você vê não vou embarcar", disse, quase às 9h, aguardando em uma fila de mais de 300 pessoas.

"A falta de informação é o que mais irrita. Entendemos que isso é um problema da natureza, mas o mínimo o que a Infraero deveria fazer era informar com precisão. É desrespeitoso", desabafou.

As manobras também ocorrem por aparelhos no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Galeão, desde às 5h30. De acordo com a concessionária, não há cancelamentos ou atrasos. Ainda não há  o número de voos alternados para o aeroporto. 

Neste domingo, o Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, reabriu para pousos e decolagens às 18h50 deste domingo, após passar praticamente o dia todo fechado por causa de uma forte neblina que atingiu a Zona Sul e o Centro da cidade desde o meio da manhã.

De acordo com Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), que administra o terminal, houve 36 voos atrasados e 47 cancelados nas chegadas e 25 atrasados e 47 cancelados nas partidas. Com isso, o saguão do aeroporto ficou lotado de passageiros o dia todo. Muitos serão hospedados em hotéis para passar a noite e só seguirão para os seus destinos nesta segunda-feira.

Reportagem do estagiário Rafael Nascimento

Últimas de Rio De Janeiro