Moradores relatam tiroteio no Alemão um dia após mulher ser morta baleada

Marinete Berto, de 56 anos, foi atingida na cabeça. Segundo a UPP, policiais foram atacados enquanto faziam patrulhamento na manhã desta terça

Por O Dia

Rio - Um intenso tiroteio voltou a assustar os moradores do Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio, na manhã desta terça-feira. Segundo o comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Nova Brasília, PMs foram atacados por homens armados enquanto faziam um patrulhamento na localidade conhecida como "Capão". Houve troca de tiros, mas não há registros de feridos.

O confronto ocorre um dia após uma mulher morrer baleada na cabeça na comunidade. Marinete Berto, de 56 anos, foi atingida no tiroteio entre policiais e bandidos no fim da tarde desta segunda-feira.

Ela chegou a ser socorrida por vizinhos e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da favela. De acordo com o jornal Voz das Comunidades, Marinete foi estabilizada no local e transferida para o Hospital Salgado Filho, no Méier, também na Zona Norte, mas faleceu na unidade. Ainda não há informações sobre data e local de sepultamento da vítima.

Últimas de Rio De Janeiro